• Paulo Vitor

Até quando vai durar o frio?

A última semana foi marcada pela forte onda de frio que atingiu grande parte do país, causou neve e chuva congelada no Sul, chegou até a Bahia e sul da região Norte. Mas, qual a tendência para os próximos dias?


NEVE SUL FRIO BRASIL
A região Sul do país apresenta neve com certa frequência quando as condições necessárias são atendidas

Nos últimos dias o frio intenso e extenso, a neve, a chuva congelada e um ciclone subtropical chamado Yakecan chamaram atenção de setores da mídia e da população.


No dia de hoje (23 de maio) a massa de ar frio já começou a perder força, as menores temperaturas mínimas já ocorreram e de maneira lenta ocorre o aumento das temperaturas, apesar das madrugadas ainda estarem frias.


menores temperaturas dia 22
Menores temperaturas registradas no Brasil no dia 22 de maio segundo o INMET. Observe que em especial no Sul e Sudeste as temperaturas ainda estão baixas.

Mas então você pode estar se perguntando quando poderá se "livrar" (ao menos enquanto não chega outra onda de frio) dos casacos. Bem, a resposta é: em breve. Segundo o modelo GFS na atualização das 12Z do dia 23 de maio indica que a partir do dia 24 de maio as temperaturas deverão se elevar no centro-sul do país.





Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná serão os primeiros estados a sentirem as elevações das temperaturas. Posteriormente, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, e os estados da região Norte e a Bahia deverão "aquecer".


GFS PREVISÃO DO TEMPO
Anomalia de temperatura em 850 hPa segundo o modelo GFS para os próximos 8 dias

Mas atenção, a elevação das temperaturas não deverá ser analisada como uma onda de calor. Apesar das temperaturas se elevarem em praticamente todo centro-sul, a elevação não será suficiente para provocar um forte calor e tão pouco durará muito. As temperaturas deverão se elevar devido a um fenômeno chamado de Pré-frontal.



A pré-frontal é a elevação das temperaturas em função da formação e aproximação de uma frente fria. É inclusive um fenômeno muito comum, especialmente para os moradores do Sul e Sudeste do país. Uma frente fria deverá se formar na Argentina e deverá avançar pelo Sul do Brasil durante essa semana. Além da pré-frontal, o próprio enfraquecimento da massa de ar polar colaborará para o aumento das temperaturas.



Em grande parte do país durante as tardes as temperaturas deverão ultrapassar os 30°C. O pico de calor esperado será em algumas áreas entre Mato Grosso do Sul e Mato Grosso que deverão registrar temperaturas oscilando entre 34°C e 36°C.


calor maio 2022
Previsão das temperaturas em superfície do modelo GFS para o dia 26 de maio as 15 horas.


Ainda na própria imagem é possível observar uma massa de ar polar que avançará pela região Sul e que deverá reduzir novamente as temperaturas.


Ainda segundo o modelo GFS, durante esse período de 8 dias, as temperaturas não deverão se elevar no leste do Nordeste, não ultrapassando os 30° C. Isso deverá ocorrer devido a cobertura de nuvens e a ocorrência das chuvas previstas para a região e que também são comuns para a época do ano.