• Davi Moura

Ciclone à frente: alerta de temporais no Sul

Ciclone extratropical deve se formar sobre o Sul nos próximos dias e causar tempo severo com possibilidade de rajadas de vento, granizo e trovoadas.


ciclone no sul
Mapa da previsão do modelo GFS para precipitação (mm/h) em cores (mais vermelho indica mais chuva), pressão ao nível médio (hPa) em linha contínua, Espessura da Camada (dam) em linha tracejada e vento em 850 hPa em vetores. Válido para 25/11/2021 às 1800 UTC.

O tempo estável na região sul deve dar uma trégua com a chegada de tempestades até o fim desta semana. A expectativa é que um ciclone extratropical se forme e provoque chuvas intensas, ventanias, granizo e trovoadas.


A frente fria associada ao sistema deve avançar por todos os estados da região Sul, parte do Centro-Oeste e do Sudeste do Brasil ao longo do fim de semana.



Cronologia


Ao longo dos últimos dias, um sistema de baixa pressão em médios níveis esteve se deslocando sobre o oceano Pacífico Sul. Entre a noite desta terça-feira (23) e a quarta-feira (24), o sistema deve avançar contra a cordilheira dos Andes. A expectativa é que esse processo gere um cavado (região de baixa pressão) sobre a Argentina.



O cavado será alimentado pelos Jatos de Baixos Níveis, pelo movimento vertical ascendente nos médios níveis e modulado pela Corrente de Jato nos Altos Níveis da troposfera. Em outras palavras, é um ambiente favorável à formação de tempestades.


Ao longo da quarta-feira (24) e da quinta-feira (25), os temporais devem avançar em direção ao nordeste da Argentina e Uruguai, chegando até a região Sul do Brasil. Entre a tarde da quinta-feira (25) e a sexta-feira (26), o ambiente instável deve dar origem a um ciclone extratropical sobre o Rio Grande do Sul.



A frente fria associada a este ciclone deve avançar por Santa Catarina, Paraná, leste do Mato Grosso do Sul e centro-leste de São Paulo. Não há expectativa de ocorrência de geadas e nem de frio intenso, apenas uma quedas das mínimas temperaturas.