• Gabriela Bittencourt

Ciclone extratropical se forma sobre parte do litoral do Brasil neste início de semana

A formação de um ciclone extratropical entre o litoral do Sul e Sudeste do Brasil marca o início dessa semana. Há chance de chuvas volumosas para os próximos dias em quase toda a região Sul do Brasil.


Modelo GFS
Modelo GFS com acumulado de precipitação para 24 horas. Rodada do modelo iniciada às 06 UTC do dia 08/08/2022 válida até às 06 UTC do dia 10/08/2022.

A semana inicia com muita instabilidade sobre a região Sul e Sudeste do Brasil, com possibilidade de garoa de fraca intensidade durante a segunda-feira. Na região Centro-Oeste e Sudeste devido a permanência de uma área de baixa pressão sobre o litoral de São Paulo, a instabilidade deve predominar com possibilidade para pancadas de chuva. Alguns pontos do Mato Grosso do Sul e Mato Grosso também devem registrar pancadas de chuva, aliviando a seca que vinha influenciando essas regiões nas últimas semanas.



Porém, é a partir da próxima terça-feira (09) que o tempo deve mudar, isso por que a intensificação de um cavado sob a região litorânea de Santa Catarina, sul do Paraná e norte do Rio Grande do Sul deve formar um ciclone extratropical nessas regiões entre a noite de terça-feira (09) e a quarta-feira (10).


Modelo GFS
Modelo GFS com pressão à nível médio do mar (hPa) e vento a 10 metros (em nós). Rodada iniciada às 06 UTC do dia 08/08/2022 válida até dia 00 UTC do dia 11/08/2022.

Durante a intensificação do cavado para um sistema de baixa pressão e posteriormente na formação do ciclone extratropical a atenção deve ser redobrada, devido as chuvas intensas que devem atingir as regiões entre o oeste e sul do Mato Grosso do Sul, entre o norte e centro-leste do Paraná e principalmente leste de Santa Catarina devem ter acumulados chegando aos 100 mm em 24 horas.



Durante a noite de terça (09) e madrugada de quarta as chuvas se intensificam, podendo gerar transtornos, principalmente nas regiões centro-leste e nordeste do Rio Grande do Sul, centro-leste, sul e norte de Santa Catarina e no Paraná entre o sul e leste do estado. Os acumulados devem passar dos 100 mm, chegando a quase 200 mm entre o litoral norte de Santa Catarina, e sul do Paraná. Por isso o cuidado deve ser redobrado, fiquem atentos aos avisos da defesa civil da sua cidade.


Modelo ECMWF
Modelo ECMWF com precipitação acumulada para a região Sul do Brasil (em mm). Rodada iniciada às 00 UTC do dia 08/08/2022 válida até dia 14/08/2022 às 00 UTC.

Rajadas de vento devem se intensificar nos próximos dias


Com a estruturação do ciclone extratropical sobre o litoral de Santa Catarina, norte do Rio Grande do Sul e sul do Paraná os ventos devem se intensificar já no fim da tarde da terça-feira (09) aumentando a intensidade durante a noite e dia de quarta-feira (10).


Rajadas de vento
Previsão do modelo GFS para rajada de vento no dia 10/08/2022 às 10 horas, pelo horário de Brasília, através do Windy.

De acordo com a figura acima, o modelo GFS indica que as maiores rajadas de vento devem ser mais intensas no litoral de Santa Catarina, litoral norte do Rio Grande do Sul, região sul do Paraná e também sul de São Paulo. As intensidades variam em torno de 30 - 60 nós, que equivale a 55 - 110 km/hora.


No decorrer da quarta-feira (10) o ciclone deve começar a se afastar do litoral da região Sul seguindo em direção ao oceano Atlântico, os ventos devem seguir de moderados a intensos entre a região de São Paulo e no Rio de Janeiro, as rajadas de vento variam de 75 - 110 km/hora, principalmente em pontos do litoral paulista.



Após isso, o frio deve avançar com força pelo centro-sul do Brasil devido a chegada de uma massa de ar polar sobre a região sul do Rio Grande do Sul durante a quarta-feira (10) seguindo para as outras regiões conforme o ciclone se afasta do continente.