• Davi Moura

Ciclone se forma hoje no litoral brasileiro

Ciclone extratropical deve provocar chuvas volumosas e ventanias entre o litoral do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro nos próximos dias.


previsão de ciclone
Previsão do modelo ECMWF mostra a formação de um ciclone extratropical nesta terça-feira (09/08). Imagem válida para às 21h (hora local) de 09/08 para Precipitação (hachurado), Pressão ao Nível Médio do Mar (contorno marrom), Espessura da Camada (1000hPa-500hPa; linhas tracejadas em azul e vermelho) e o Vento em 850hPa (aproximadamente 1500 m de altitude).

Esta semana começou com o retorno das chuvas em grande parte do Centro-Oeste e Sudeste do Brasil. A medida que as instabilidades avançam pelo Centro-Sul do Brasil, um ciclone extratropical está se configurando e deve se estabelecer nas próximas horas no litoral entre o Sul e Sudeste do país.



A expectativa é de chuvas volumosas entre o extremo nordeste do Rio Grande do Sul, leste de Santa Catarina, litoral do Paraná, e chuvas moderadas entre o litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro. Além das chuvas, há possibilidade para precipitações isoladas de granizo, tempestades elétricas e rajadas de vento.


previsão de chuva
Previsão do modelo ECMWF para o acumulado total de chuva para as próximas 72h. Válido para 0000 UTC de 12/08/22.

O modelo europeu ECMWF aponta rajadas de vento de aproximadamente 100 km/h a partir de amanhã, quarta-feira (10), no litoral de São Paulo, entre Itanhaém, Santos, Bertioga, Caraguatatuba e Ubatuba.


Cronologia dos ventos


Nesta terça-feira (9), no fim do dia, os ventos devem alcançar os 70 km/h no litoral catarinense, principalmente no litoral norte. Ao longo da madrugada da quarta-feira (10), os ventos se intensificam no litoral paranaense e alcançar os 55km/h.



A partir da tarde de quarta-feira (10), os ventos ganham força no litoral paulista. Entre a noite de quarta-feira (10) e a manhã da quinta-feira (11), as rajadas de vento deverão alcançar o Rio de Janeiro. Os ventos podem atingir os 90 km/h na região de Cabo Frio (RJ).


Ciclone extratropical é furacão?


Não, ciclones extratropicais não são furacões! Ciclones extratropicais são comuns na região Sul do Brasil, principalmente durante o outono e o inverno. São sistemas que se alimentam da instabilidade baroclínica e estão associados aos sistemas frontais (frente fria, frente quente, frente estacionária, frente oclusa).



Apesar de comuns e não representarem um risco como os furacões (que são sistemas TROPICAIS), ainda sim os ciclones extratropicais podem produzir tempestades severas com atividade elétrica e fortes ventos.


Massa de ar frio avança nos próximos dias


Com a formação do ciclone extratropical nas próximas horas, uma frente fria também se configura e avançará trazendo com ela uma massa de ar polar que já está atuando sobre a Argentina neste momento. Na noite de ontem, segunda-feira (08), esta massa de ar polar já provocou precipitações de neve em Córdoba, Argentina.



No momento, não há expectativa de neve no Brasil, mas as temperaturas devem cair em grande parte do Centro-Sul do país, principalmente na manhã de quarta-feira (10) e quinta-feira (11).