• Raquel Pereira

Eclipse solar total: maior fenômeno astronômico de dezembro de 2021

O mês de dezembro de 2021 trará um eclipse solar total! Apenas uma pequena porção que está no lado diurno do planeta verá o evento.


Um eclipse solar é um fenômeno astronômico que ocorre sempre que a Lua se posiciona entre o planeta Terra e o Sol.

Um eclipse solar é um fenômeno que ocorre quando a Lua se interpõe entre a Terra e o Sol, ocultando total ou parcialmente a sua luz numa estreita faixa na superfície terrestre, cuja largura não ultrapassa 270 quilômetros.


Como o plano de órbita do satélite em torno da Terra não é igual ao do Sol, esse fenômeno não ocorre com muita frequência, principalmente quando se é um eclipse total. O maior fenômeno astronômico de dezembro de 2021 está marcado para acontecer neste sábado (4).



De acordo com o professor de Astronomia do Colégio Militar do Corpo de Bombeiros do Ceará, tenente Romário Fernandes, a Lua passará perfeitamente alinhada com a Terra e com o Sol. Porém, o evento não terá como ser visto por muitas pessoas do planeta.



Como a Lua é muito menor do que a Terra, a sombra que ela projeta no planeta sempre é em uma área geográfica extremamente restrita.


Enquanto o eclipse lunar é visto por todo mundo que está do lado noturno da Terra, o eclipse solar só é visto por uma pequena porção que está no lado diurno do planeta, um conjunto de regiões muito limitado onde a sombra da Lua se projeta durante o eclipse solar.

O eclipse só poderá ser visto no Círculo Polar Antártico, ou seja, no sul da Terra. Parte do eclipse surgirá a partir de 2h29min (horário de Brasília), enquanto o total se formará às 4h33min. O fenômeno será visto pela última vez às 6h37min, de acordo com o site Time and Date. A totalidade do eclipse irá durar apenas 1 minuto e 54 segundos.



O principal ponto de aparição do eclipse será na Antártica e em pontos dos oceanos Atlântico, Pacífico e Antártico, localizações pouco povoadas e de dificultoso acesso nesta época do ano. Não será possível ver o fenômeno no Brasil. O último eclipse solar total visto pelos brasileiros aconteceu há 27 anos; o próximo, apenas em 2046.


Um eclipse solar, como o que vai acontecer no dia 4, sempre acontece em média duas semanas antes ou depois de um eclipse lunar. O eclipse lunar parcial mais longo do século aconteceu no último dia 19, que pode ser visto em grande parte do planeta.