• Tempo e Clima Brasil

NOAA mantém atuação da La Niña

Atualizado: 8 de fev. de 2021

A Administração Oceânica e Atmosférica (NOAA) afirma que é esperado que o La Niña continue ativo durante o Verão no Brasil.



As temperaturas da superfície do mar abaixo da média (TSMs) estendem-se do oeste ao leste do Oceano Pacífico e refletem a continuação do La Niña

A publicação da NOAA manteve ainda a projeção de 95% de chance de um La Niña com mais intensidade entre janeiro e março, com uma transição para neutralidade durante o outono aqui no Brasil e primavera de 2021 no Hemisfério Norte.


O NOAA explica ainda que as anomalias de temperatura subterrânea no Equador permaneceram negativas, mas enfraqueceu ligeiramente no Oceano Pacífico equatorial oriental. "Em resumo, o La Niña deve continuar durante o inverno de 2020-21 do Hemisfério Norte", complementa.

A publicação afirma ainda que a circulação atmosférica associada ao La Niña se fortaleceu no Oceano Pacífico tropical durante o mês. "As anomalias dos ventos de baixo nível ocorreram no leste sobre o oeste ao centro-leste do Pacífico tropical e as anomalias dos ventos de alto nível ocorreram na maior parte do Pacífico tropical", afirma.


Desde agosto o NOAA afirma a atuação do La Niña, e indicava uma diminuição nos volumes das chuvas em toda a região sul do Brasil a partir de novembro. O centro de previsão norte-americano destacou ainda que as previsões sazonais de temperatura e precipitação de 3 meses serão atualizadas na próxima quinta-feira, 21 de janeiro.