• Raquel Pereira

O que é a Oscilação Decadal do Pacífico e quais seus impactos no Brasil?

A Oscilação Decadal do Pacífico impacta de diferentes maneiras a temperatura e precipitação no Brasil e no mundo, e suas fases podem ser classificadas como fria ou quente. Porém, em qual fase estamos atualmente?


oscilação decadal do pacífico
Ocorrência de um evento de La Niña junto com a fase fria da Oscilação Decadal do Pacífico em Abril de 2008.

A Oscilação Decadal do Pacífico (ODP) é um fenômeno climático cíclico que interfere diretamente as transformações climáticas da Terra. A ODP é muito semelhante aos eventos do El Niño e La Niña (ENSO), pois se trata de uma variação das temperaturas do Oceano Pacífico.



Contudo, a diferença entre esses fenômenos citados acima, é que a ODP tem uma variação climática mais longa. Por exemplo, enquanto o ENOS possui uma escala temporal interanual, a ODP tem uma variabilidade decadal, podendo ter cerca de 20 anos de duração.


Na década de 1990, a ODP foi descoberta quando estudavam a relação entre migração de salmão no Alasca as temperaturas do Oceano Pacífico.

A Oscilação Decadal do Pacífico refere-se a variações na temperatura da superfície do mar no oceano Pacífico Norte (Mantua et al., 1997), e podem afetar por exemplo, a atividade de ciclones, alterar o trajeto das correntes de jatos e favorecer episódios de secas e inundações em torno da bacia do Pacífico.



Existem duas fases bem definidas da ODP: uma positiva, que ocorre quando há um aumento das temperaturas da superfície do Mar (TSM) do Pacífico; e uma negativa, quando há uma diminuição das temperaturas. E essas fases podem intensificar ou diminuir os impactos do ENOS de acordo com sua fase.



Por exemplo, caso o ENOS e a ODP estiverem na mesma fase, tem-se que os impactos do El Niño/La Niña podem ser fortalecidos e, quando em fases opostas, enfraquecidos. O ENOS se refere às situações nas quais o oceano Pacífico Equatorial está: fase quente (El Niño) ou na fria (La Niña).


Qual é a influência das fases positivas e negativas da PDO para o Brasil?


Na fase positiva da OPD, os efeitos são o aumento da ocorrência e da intensidade do El Niño. Na fase positiva, o Centro-norte do Brasil tem a tendência de possuir um maior número de anos secos do que anos chuvosos, já em relação a temperatura, os anos tendem a ser mais quentes. Para o Sul do Brasil, os invernos são menos rigorosos e tende a ter uma frequência maior de enchentes.


Já na fase negativa, o inverso tende a ocorrer: El niños se tornam menos frequentes e menos intensos e as La Niñas ficam mais intensas e frequentes.


Fases da PDO ao longo dos anos. Fonte: Meteorologia Unifei.

O gráfico acima apresenta as fases da ODP ao longo dos anos. A linha azul representa a fase em que a ODP está negativa e o vermelho representa o positivo. Nota-se que atualmente a fase em que estamos é a negativa, e seu efeito tem como característica o aumento da ocorrência e intensidade da La Niña. Para o Centro-norte do Brasil, isso implica em períodos mais chuvosos e úmidos, enquanto que no Sul há maior frequência de períodos de estiagem, principalmente no verão.