• Raquel Pereira

Previsão climática do Outono de 2022

Hoje, dia 20 de março, o verão se encerra e dá início ao outono astronômico no hemisfério Sul. O outono é a estação de transição entre o verão e o inverno, apresentando uma mistura das características de ambas as estações.


outono
A estação outono é conhecida popularmente como a estação das colheitas

O outono, no hemisfério sul (HS), terá início no dia 20 de março e terminará no dia 21 de junho de 2022. É conhecida popularmente como a estação das colheitas, devido a troca de folhas das árvores sazonais, que começam a se preparar para a chegada do inverno. O outono do hemisfério Sul é chamado de "austral", enquanto no hemisfério Norte é conhecido por "outono boreal".


O início da estação é marcado pelo fenômeno astronômico equinócio, que é definido pela maior incidência do Sol nas regiões próximas à linha do Equador. O equinócio também é responsável por marcar o início da primavera. Portanto, no Brasil, temos um equinócio que ocorre em março (equinócio de outono) e outro em setembro (equinócio de primavera).



Já o solstício de inverno é o fenômeno astronômico que marca o térmico do outono. O solstício é quando o Sol atinge sua maior declinação em latitude em relação à linha do Equador, ocasionando uma maior intensidade de radiação solar em um dos hemisférios. No caso do solstício de inverno do HS, é o período em que o hemisfério Norte está inclinado cerca de 23,5º na direção do Sol. Ou seja, no hemisfério Norte é verão, enquanto que no hemisfério Sul, inverno.


estação
Diagrama exemplifica a posição da Terra durante as estações do ano. Fonte: Apolo 11

Climatologia do Outono


Uma das principais características das estações de transição são as mudanças bruscas no padrão do tempo. O outono caracteriza-se pelas primeiras entradas de massas de ar frio, provenientes do sul do continente, acarretando queda das temperaturas, sobretudo na Região Sul e em parte da Região Sudeste. Além disso, o outono pode vir acompanhado de ciclones subtropicais, nevoeiros e geadas, principalmente nas regiões Sul e Sudeste.


A climatologia da temperatura e precipitação do outono é apresentada na figura a seguir. Observa-se temperaturas relativamente mais baixas em parte do centro-sul do Brasil, devido à entrada de massas de ar frio. Enquanto que na faixa norte do país, as temperaturas permanecem elevadas.



A precipitação geralmente começa a diminuir nessa estação em algumas áreas do centro-leste do Brasil, e os menores valores são encontrados principalmente no semiárido nordestino. Os maiores volumes de precipitação são observados em média na faixa norte, especialmente caso ocorra a persistência da ZCIT (Zona de Convergência Intertropical) mais ao sul de sua faixa de atuação.


Sobre a região sul do brasil, a precipitação também diminui em relação aos trimestres anteriores, porém ainda é relativamente alta, principalmente sobre o setor oeste, com valores acima de 400 mm.


climatologia
Climatologia da precipitação e temperatura máxima no outono. Fonte: CPTEC/INPE.

La Niña no outono


A previsão probabilística do fenômeno La ninã permanecer ativo para o próximo trimestre (AMJ) é 80%. A La Niña se refere ao resfriamento das águas do Pacífico tropical e representa a fase negativa do fenômeno El Niño - Oscilação Sul (ENOS). É importante analisar esse fenômeno, pois ele influencia no comportamento da precipitação e da temperatura no Brasil, por exemplo, ocorrem chuvas mais abundantes na região Norte, Nordeste e norte do Centro-Oeste. No Sul, as temperaturas sobem e há maior ocorrência de secas.




previsão ENOS
Previsão probabilística oficial do IR/CPC para a condição do ENSO na região 3.4 do Pacífico.

Previsão climática do trimestre de Abril, Maio e Junho


Durante o trimestre de Abril, Maio e Junho a previsão de Multi Sistemas da Copernicus mostra uma maior probabilidade de temperaturas abaixo da média em parte do sudeste e nordeste do país (entre o norte de Minas Gerais e sertão nordestino). Para a precipitação, a previsão por conjunto aponta uma maior probabilidade de valores acima da média em áreas da região norte, nordeste do país, influenciados pela La niña. Sobre parte do centro-sul do Brasil, a probabilidade é da precipitação ficar abaixo da média.


Previsão de temperatura e precipitação para o trimestre (abril, maio e junho) de 2022. Fonte: Copernicus