• Gabriela Bittencourt

Primeira frente fria do Inverno/2022?

O inverno astronômico, que teve início no dia 21/06/2022 às 06h14 min, pelo horário de Brasília, não deve ter o avanço de intensas frentes frias para este início de estação, pelo menos é o que mostram os modelos de previsão numérica do tempo para os próximos dias.


Modelo ECMWF
Campo com modelo ECMWF, rodada do dia 22/06/2022 às 00 UTC, válida até dia 25/06/2022 às 18 UTC. Campo de anomalia de temperatura em 850 hPa, com anomalias negativas em azul/roxo, e anomalias positivas em vermelho/laranja.

A semana iniciou com mudança no tempo sobre a região Sul do Brasil. A formação de instabilidades sobre o noroeste da Argentina, avançaram para o território brasileiro trazendo muita chuva para esse início de estação.



A terça-feira (21) foi marcada por grandes acumulados de chuva em diversas cidades do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. De acordo com dados dos pluviômetros automáticos do CEMADEN, cidades do norte gaúcho, como é o caso de Passo Fundo, registraram acumulados acima de 140 mm nas últimas 24 horas causando alagamentos em diversos pontos da cidade.


Os acumulados de chuva devem seguir aumentando na região Sul durante a quarta-feira (22), pois essas instabilidades tendem a seguir influenciando o estado, com chance pra ocorrência de granizo e temporais isolados em alguns pontos.



Mas e o frio?


A frente que vem na retaguarda desse novo sistema de baixa pressão, que está influenciando a região Sul do Brasil, deve avançar e afetar apenas a região Sul com temperaturas mais frias para o próximo fim de semana (25 e 26/06/2022). No leste do Sudeste, poderá haver uma leve diminuição das temperaturas entre 26 e 29 de junho.



Na Argentina, a massa de ar polar está atuando com força nesses últimos dias, onde vem sendo registrado temperaturas negativas, e ocorrência de neve em diversos pontos do país vizinhos.



Regiões que fazem fronteira com o Uruguai, no Sul gaúcho e parte da costa Leste do RS devem registrar temperatura muito baixas nos próximos dias. Estas regiões vão estar sob influência do ar gelado que está atuando na vizinhança e deve seguir influenciando essas regiões que fazem fronteira.


As previsões indicam que até a próxima sexta-feira (24) a temperatura deve oscilar nessas regiões da metade Sul gaúcha entre 8ºC e 13ºC. Já para o fim de semana, e com o avanço de ar seco e frio, as mínimas devem ser registradas na região da Campanha gaúcha, no extremo Sul e fronteira com o Uruguai. Não se descarta a ocorrência do fenômeno de geada nessas regiões, e as temperaturas previstas são de 2ºC a 5ºC para o sábado (25) e de -2ºC a 1ºC no domingo (26).



Outras regiões gaúchas devem registrar um amanhecer gelado no fim de semana. Regiões centrais do estado devem marcar nos termômetros mínimas de 2ºC a 4ºC, o oeste deve ter mínimas em torno de 3ºC a 5ºC e de 1ºC a 3ºC é o esperado para regiões do Planalto médio, Alto Jacuí e noroeste gaúcho.


Mas na próxima semana, os modelos indicam que um novo ciclone extratropical deve mudar as condições de tempo no Sul gaúcho, além do avanço de uma nova massa de ar polar que deve diminuir novamente a temperatura nas regiões do Sul do Brasil.