• Paulo Vitor

Raios: como se proteger?

O raio é um fenômeno atmosférico que é cercado de mitos e medos associados. De fato, é um fenômeno extremamente perigoso, podendo causar muitos prejuízos e ser letal. Como podemos nos proteger de um raio?


raios no Brasil
Os raios são os relâmpagos que atingem o solo.

Com a chegada da primavera, a monção da América do Sul é reativada e com isso as tempestades voltam a ocorrer de maneira mais abrangente por boa parte do país. As chuvas causadas por diversos fenômenos atmosféricos trazem uma série de benefícios, como a manutenção da agropecuária, recargada de rios e reservatórios, geração de energia elétrica e alguns processos bióticos.



São vários os benefícios do retorno das chuvas. Porém, junto com as chuvas caudas pelas famosas Cumulonimbus - Cb, a ocorrência de raios aumentam significativamente pelo país durante a primavera e verão. Mas também, os raios ocorrem de maneira reduzida durante o outono e inverno.


Segundo o ELAT (Grupo de Eletricidade Atmosférica, ligado ao INPE e referência mundial no assunto), o Brasil é o país no mundo em que mais ocorrem os raios, cerca de 78 milhões de raios por ano, e além disso, muitas mortes por consequência dos raios são registradas. De cada 50 mortes por raios no mundo, 1 é no Brasil. Além das mortes, são estimados anualmente um prejuízo de 1 bilhão de reais por causa da queda de raios.


raios na primavera brasil
Tempestades com atividade elétrica no Brasil e países vizinhos no dia 20 de outubro de 2022 às 19:15, hora local. Nestas tempestades a ocorrência de raios varia de intensa (tons vermelhos) a baixa (tons azuis).

Vale ressaltar que o som estrondoso que ouvimos não é o raio, e sim, o trovão. O trovão apesar de poder causar alguns sustos e um barulho, é inofensivo. Já o raio, a linha tortuosa que vemos no céu é o perigo.


raios no Brasil
Raios caem na cidade de São Paulo, uma das cidades com mais ocorrências de raios no Brasil.

Como se proteger dos raios fora de casa


Para se proteger dos raios são necessários tomar alguns cuidados. Você não deve caminhar em calçadões, orlas, estar em praias, rios, represas, piscinas, abaixo de árvores em parques, tendas ou locais abertos. Isso porque esse locais são áreas mais propensas a serem atingidas por raios, além de coberturas de casas e construções, principalmente se estas áreas não estiverem equipadas com para-raios.



Ao perceber que uma tempestade se aproxima e também ao ouvir um trovão, se estiver na rua ou nos espaços citados acima, procure um local fechado e aguarde a tempestade passar. Se atente que os raios podem ocorrer durante a formação das tempestades e durante sua dissipação. Se houver algum veículo, entre nele, feche suas portas e vidros e não encoste em nada metálico, assim você estará protegido. Um raio pode matar de maneira direta ou indireta (atingindo algo próximo e a energia chegando até a vítima).



Se estiver no campo, ao ver a tempestade se formando, saia de locais abertos, encerre a colheita, saia de perto de arames e cercas, não carregue objetos metálicos, como foices e enxadas, não fique próximo de tratores e veículos. 26% das mortes por raios no Brasil ocorrem nas atividades agropecuárias, a maior parte das mortes. Caso não haja um local seguro, como uma casa, se estiver em um campo aberto, mantenha os pés juntos e se agache até a tempestade passar.


Como se proteger dos raios dentro de casa


Ainda segundo o ELAT, 21% das causas de mortes por raios no Brasil acontecem em casa, perdendo apenas para as atividades agropecuárias. Em casa, não utilize equipamentos elétricos ligados na tomada; não fale com o telefone fixo ou utilize o smartphone na tomada; se afaste de portas e janelas bem como as deixe fechadas; não tome banho usando chuveiro elétrico; se afaste de torneiras e canos. Para evitar prejuízos como perca de eletrodomésticos, antes da chuva, retire os equipamentos da tomada.


Mitos sobre os raios


Para finalizar, é um mito dizer que espelhos atraem raios. Não há a necessidade de cobri-los durante uma tempestade. Também é um mito afirmar que os raios não atingem um mesmo objeto ou construção duas vezes. Eles podem atingir os mesmos locais várias vezes em um ano. Para mais informações sobre os raios, acesse a página do ELAT na internet.