• Raquel Pereira

Terremoto que atingiu o Peru é sentido no norte do Brasil

O terremoto de magnitude 7,5 foi registrado no Peru na manhã do domingo (28). De acordo com o Centro de Sismologia do Instituto Geofísico do Peru, o terremoto atingiu a Amazônia Peruana e provocou destruição de residências e outros danos materiais, além de deixar vítimas feridas.


Localização do terremoto que atingiu o peru no domingo (28).

A grande profundidade do terremoto na amazônia peruana fez com que a onda expansiva fosse maior e afetasse quase metade do país, na zona norte e central, incluindo regiões costeiras e andinas como Cajamarca, Piura, Tumbes, Lambayeque, Ancash e Lima.


O Peru é localizado no Círculo de Fogo do Pacífico, região global de alta atividade sísmica gerada pelo encontro de placas tectônicas. Esta área tem pelo menos 450 vulcões ativos e alta atividade sísmica.




Até o momento o tremor deixou 12 pessoas feridas e 1.670 desabrigadas, conforme o boletim mais recente do Centro Nacional de Operações de Emergência. 13 casas foram destruídas, 305 prédios estão inabitáveis e tem danos irreparáveis e outras 860 casas apresentam rachaduras. Um centro de saúde foi destruído e outros 32 estão danificados.





O epicentro do tremor foi identificado a cerca de 98 quilômetros do município de Santa María De Nieva, na província de Condorcanqui, e a uma profundidade de 131 quilômetros. O distrito de Santa María de Nieva é uma região pouco habitada, à margem do rio Nieva, na fronteira com o Equador.


Em Lima, a mais de 1.000 quilômetros ao sul do epicentro, o tremor foi sentido com menos intensidade, mas durou o suficiente para que a população saísse de casa em algumas regiões.

Um oleoduto de 1.100 quilômetros está instalado na região. A Petroperú, no entanto, informou que não foram reportados danos na estrutura. A Marinha do Peru disse em um comunicado que não foi identificado risco de tsunami na costa do país por conta do forte abalo.




O abalo também foi sentido na Colômbia, no Equador e na região norte do Brasil, segundo o Serviço Geológico dos EUA (USGS, em inglês).





Além do Equador e Colômbia, moradores do Brasil também sentiram o tremor neste domingo (28). Por ser próximo da fronteira com o Brasil, o fenômeno provocou tremor em cidades brasileiras do Amazonas e do Acre, moradores de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Santa Rosa do Purus relataram sentir os tremores por volta das 6h, porém não há relatos de feridos até o momento.